Retrato falado do governo Jandir Bellini

DO DIARINHO

SÓ NA MAMATA

Renca de abobrões tira férias ao mesmo tempo e deixa a prefa de Itajaí às moscas

14/01/2011 – 06:00

Seis secretários da prefa(PREFEITURA – Edifício em que se localizam os gabinetes e demais dependências da administração municipal. Função de prefeito. Tempo de duração da função de prefeito. Subdivisão do Império romano administrada por um prefeito.) de Itajaí aproveitaram as férias do prefeito Jandir Bellini (PP) pra também debandarem do trampo(TRABALHO – Atividade física ou intelectual que visa a algum objetivo; labor, ocupação. O produto dessa atividade; obra. Esforço, empenho. Preocupação, cuidado, aflição:) e ficarem de pernas pro ar. Os abobrões largaram as pastas na mão de diretores e bagrões substitutos e simandaram(FUGIR, SAIR – Passar de dentro para fora: sair da casa. Mover-se, andar: não saia daqui. Passar de uma época, uma condição para outra: sair do inverno, da escravidão. Livrar-se: sair de uma dificuldade.Afastar-se, desviar-se: saiu do assunto. Retirar-se, ausentar-se, escapar. Mudar de estado, começar novo período: saiu da adolescência. Deixar de fazer parte de uma corporação, abandonar uma profissão: saiu do magistério. Brotar, nascer: as fontes saem do terreno úmido. Resultar, redundar. Vir a ser, tornar-se: saiu um hábil político. Suceder, acontecer: saiu conforme o previsto. Proceder, provir: saiu de boa família. Sair a, parecer-se: saiu ao pai. Sair caro, custar muito. Sair dos eixos, proceder de maneira não condizente com o caráter e os hábitos próprios. Sair à luz, nascer. Sair da casca, abandonar a introspecção, romper o silêncio. ) de férias. Quem não gostou nadica da folga coletiva foi a prefeita em exercício Dalva Renhieus (DEM). Ela já avisou que no ano que vem o cronograma será diferente, e não quer mais saber de folga em massa.
A assessoria de imprensa da prefa(PREFEITURA – Edifício em que se localizam os gabinetes e demais dependências da administração municipal. Função de prefeito. Tempo de duração da função de prefeito. Subdivisão do Império romano administrada por um prefeito.) confirmou que os secretários Agnaldo dos Santos, da Pesca, Tarcízio Zanelato, de Obras, Carlos Ely, da Segurança, Rogéria Gregório, da Criança e do Adolescente, Carlos Rebello, da Agricultura, e Rosalir Demboski, da Administração, tão de férias até o final do mês. De acordo com a assessoria, tão sendo substituídos por outros barnabés, que não ganharam o status de secretários interinos.
Quem tá temporariamente responsável pela secretaria de Obras é o engenheiro e coordenador técnico Marcelo Schilickmann. Já a secretaria de Segurança tá sob a responsa(ESTA SOB OS SEUS CUIDADOS – ) do chefão da Codetran, José Alvercino Ferreira. A diretora da secretaria da Criança e do Adolescente, Márcia Graff, tá respondendo pela pasta até Rogéria voltar de férias. Na Agricultura, o diretor Heitor Thieme assumiu a bronca, e na Administração o trampo(TRABALHO – Atividade física ou intelectual que visa a algum objetivo; labor, ocupação. O produto dessa atividade; obra. Esforço, empenho. Preocupação, cuidado, aflição:) ficou com o diretor Nelson Abrão de Souza.
Dalva admitiu que não ficou lá muito contente com a debandada e deu um puxão de orelha nos abobrões, mas de levinho. Ela prometeu que, no ano que vem, o cronograma de férias dos espertinhos será diferente. “Não fiquei cabreira, mas disse que no próximo ano deve haver um cronograma melhor das férias dos secretários”, afirmou.
A prefeita garantiu, porém, que a turma que tá respondendo pelas secretarias é responsável, e todas as obras e ações previstas tão sendo executadas. “O importante é que existe um planejamento de obras e ações e ele tá sendo rigorosamente cumprido”, completou.
Três são interinos
Além dos secretários de férias, três abobrões assumiram a bucha na fundação do Meio Ambiente (Famai), na fundação Cultural e na secretaria de Turismo, cujos mandachuvas levaram o pé na bunda de Bellini logo depois do Natal.
No lugar do ex-capo da Famai, Nilton Dauer, entrou um dos procuradores do município, Jaime Espíndola. O ex-secretário do Turismo, Wagner Lúcio de Souza, foi substituído pela diretora Valdete Campos. À frente da fundação Cultural, onde quem mandava era o Agê Pinheiro, tá o chefe de gabinete Edison D´Ávilla, que tá acumulando as duas funções.
Antes de sair de férias, Jandir avisou que só definirá o nome dos novos secretários quando retornar, depois do dia 23 de janeiro.

Anúncios

Um pensamento sobre “Retrato falado do governo Jandir Bellini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s