Governo Jandir Bellini é governado pela mediocridade

Segundo matéria publicada no jornal Diário do Litoral (Diarinho) de hoje (11/01) as praças de Itajaí se transformaram em “Terra de Ninguém” tal o estado de abandono em que se encontram.

É visível o quanto o governo municipal negligencia nossas praças.

Será que isso se dá por birra, por algum sentimento menor de raiva contra o governo anterior do PT (Volnei Morastoni), que teve como uma das marcas a criação destas, a revitalização de outras, a implantação de parquinhos infantis e as academias populares para que adultos pudessem se exercitar em busca de saúde e melhor qualidade de vida?

Ao se completar dois anos de mandato deste governo, o seu legado, até o momento, é o do desmonte de todas as ações , programas e políticas públicas implantadas no governo do PT (2005/2008).

As promessas de campanha, desde as mais genéricas, como a manutenção dos “bons projetos” do governo Morastoni, e as que simbolizaram a campanha de Jandir, como a entrega de remédios em casa para todos os usuários do SUS que deles necessitassem e um Centro Médico de Imagem e Exames de Alta Complexidade, ficaram lá atrás na fumaça do tempo.

Nem se fale em “Escola Aberta”, que ao final do governo petista, mantinha abertas aos sábados 15 escolas municipais com atividades culturais esportivas e educativas, envolvendo alunos, seus pais, enfim a comunidade escolar.

Projeto esse que vinha ao encontro da necessidade de combater a ociosidade de jovens, reféns do tráfico de drogas e da criminalidade.

Ao não darem continuidade a este projeto, Jandir Bellini e sua turma, devem ser diretamente responsabilizados pelo avanço da violência em nossa cidade.

A marca mais visivel e risível deste governo, é simbolizada por uma figura  de personalidade controvertida, cujas aparições midiáticas o colocam na condição de arroz de festa, ou “comida de ontem”, requentada para o almoço de amanhã.

Seu codinome faz jus a mediocridade e ao puxa-saquismo que governa o governo Jandir Bellini.

Segue matéria do Diarinho sobre as péssimas condições das praças de Itajaí:

 

Drogados tomam conta de praça nos Cordeiros

 

Zé Brodinho foi conferir reclamo de leitor e confirmou: o que era pra ser uma área de lazer, virou zona livre de uso de porcarias

Os moradores da rua Laudelina Dionísio, no bairro Cordeiros, em Itajaí, não aguentam mais conviver com malencarados consumindo drogas na praça Mário Reis.

 O leitor Marcos Vinício, que mora pertinho da praça, procurou o DIARINHO para fazer a denúncia e pedir uma cutucada nas otoridades da cidade.

O repórter especial Zé Brodinho foi conferir o reclamo do leitor e a primeira coisa que viu, ao chegar na praça, foi um grupo dando um tapa na erva do Bob Marley.

Assim que perceberam a presença da equipe do DIARINHO, os pés de fumo pegaram suas ziquinhas e simandaram dali.

Bel Benites, 37, mora ali pertinho, mas diz que não leva sua filha no parquinho porque tem medo.

“Acabo andando um monte e levo ela no outro parquinho que fica bem longe, porque aqui tem sempre gente usando drogas a qualquer hora do dia”, reclama.

Mas os problemas da pracinha da Laudelina Dionísio vão além da rapaziada que se reúne pra fumar maconha ou a pedra do capeta.

O campinho de futebol de areia, a quadra de basquete e o parquinho infantil que têm por lá tão completamente abandonados.

Ao invés de jovens praticando esportes e crianças brincando, o que se viu por lá foi mato e lixo.

O conferente Rafael Dimas, 30, é vizinho da praça e reclama do descaso da prefa“A prefeitura só tem interesse em arrumar e cuidar das praças onde têm mais movimento, como as do centro.

Aqui ninguém faz manutenção, nem nada.

Eles tinham que dar um jeito nisso”, lasca.

Quando Zé Brodinho tava indo embora, um outro grupo de rapazes malencarados( apareceu e ficou peruando por lá, ao redor de uma das mesinhas da praça.

Um dos rapazes trazia à mão um pequeno pacote plástico, parecendo ser uma trouxinha de maconha.

Tarcízio Zanelato, secretário de Obras da prefa, nega que a praça da Laudelina Dionísio esteja abandonada.

Mas admite a dificuldade de manter o local nos trinques.

“Nós estamos encontrando dificuldades para cuidar de todas as praças.

 É muito difícil vigiar durante as 24 horas do dia”, justifica.

O abobrão argumenta que é importante integrar a secretaria de Segurança, o pessoal da manutenção da prefa e da fundação Municipal de Esportes pra conservação das praças.

 “A situação dos drogados nas praças também é um problema do estado, afinal segurança pública é responsabilidade deles”, faz questão de dizer.

“Por enquanto, contamos com a comunidade para ajudar a manter as praças limpas”, concluiu.

As 10 horas da manhã eles já estão se aglomerando na praça para usar drogas

Leia agora a enquete do Diarinho, com a opinião dos moradores da cidade:

As praças de Itajaí estão sendo bem cuidadas?

 

“Tá bem ruim aqui. A gente nem traz as crianças aqui porque tá cheio de gente usando drogas. A última vez que vi a prefeitura limpando a praça foi antes do Natal”.
Bel Rodrigues Benites, 37, do lar.

“Esta praça já está há anos assim. A prefeitura só tem interesse em cuidar das praças onde tem mais movimento, como as do centro. Aqui ninguém faz manutenção, nem nada. Eles tinham que dar um jeito nisso”.
Rafael Dimas, 30, conferente.

“A gente é aposentado e gosta de ficar nas praças conversando, mas tá difícil porque muitas estão abandonadas e cheias de drogados”.
Inácio João de Souza, 60, aposentado.

“Acho que não estão cuidadas da forma que deveriam, afinal Itajaí é uma cidade turística e aqui eles fazem muita propaganda enganosa”.

Odete Silva, 55. Do lar.

“Acho que tem que melhorar muito a situação das praças aqui em Itajaí. Aquela da beira rio só ficou bem cuidada, por causa da iniciativa da empresa que fica em frente. As crianças precisam deste espaço e como que os pais vão confiar de deixar seus filhos num lugar cheio de drogados? ”
Diego Walter Vera, 28, administrador.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Governo Jandir Bellini é governado pela mediocridade

  1. moro aqui perto da praça e tenho um neto de 13 anos que costumam jogar futebol na praça mas ultimamente isso não é possivel por causa dos usuarios de droga que ficam no local quase que o dia todo . gostaria que alguem tomasse providências sobre isso.

  2. Itajaí está cheio de pontos de consumo e venda de drogas. Só as autoridades não vêem. A rua da Vala no Dom Bosco por exemplo, só passar ali a partir do momento que escurece que vc encontra diversas rodinhas… e a todo instante chega um motoca ou algum de zica, troca umas palavras, uma troca de mãos e vazam… até quando? Até começarem as mortes igual as grandes cidades? Fora isso, ainda temos o descaso com a cidade, a beira-rio por exemplo. A avenida e o calçadão estão bonitos, com flores e etc. Mas é só chegar na mureta e olhar prá baixo… todo tipo de entulho e lixo por ali…. até animais mortos já vi por ali… absurdo este descaso… mas aumentar a casa dos vereadores prá 21 cadeiras foi rápido né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s